TOLERÂNCIA COM OS ALUNOS: tolerância não é desistência

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TOLERÂNCIA COM OS ALUNOS: tolerância não é desistência

Mensagem  Dalva em Seg 30 Jun 2008, 11:22

Usarmos de empatia, entender suas dificuldades em concentrar-se em meio a tantos problemas (situações também vividas por nós muitas vezes), sem deixa-lós de lado pois tolerância não é desistência, nada de falar: É verdade você tem dificuldades, é lento e vou deixá-lo no seu canto um dia você sai sozinho.
Em um mundo em que existem tantas brigas de trânsito com mortes absurdas por intolerância, onde existem até suicidios por intolerância, tantos divorcios por intolerância, que tal praticarmos tolerância, existem coisas que não se aprende com livros e nas quais os professores jamais serão substituidos por máquinas e uma delas é o ensino da empatia para termos tolerância com o próximo. Jesus nos ensinou assim, foi tão empático que deixou de Seu lugar de Deus Poderoso, para ser um homem pobre para entender a dor de ter fome , frio
e dor, foi tão tolerante que morreu por seus inimigos, além de pedir: Pai perdoe-os pois não sabem oque fazem.
Deus abençoe nossas vidas de professores, grande responsabilidade, pois deixamos marcas profundas em pessoas, que essas marcas sejam de expressão de felicidade.

Dalva

Número de Mensagens : 5
Membro : Dalva Silva Gomes dos Santos
Data de inscrição : 30/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

TOLERÂNCIA COM OS ALUNOS: tolerância não é desistência

Mensagem  m-errera em Seg 30 Jun 2008, 14:15

Olá,
Diante da reflexão da Profª Dalva concordo que uma das grandes dificuldades que o ser humano tem hoje é usar de empatia. Mas olhando para a concepção da palavra empatia, pergunto. Como o ser humano, vai conseguir se colocar no lugar do outro se nem sabe quem são ou o que querem? A cada dia se perde a identidade, os valores. A realidade dura e cruel é que estamos vivendo em um mundo onde a "exploração do homem pelo homem" reina. O "ter" e não o "ser" é o que dita as regras e o que forma o cidadão. Isso também me faz refletir sobre o assunto abordado sábado sobre quotas. Será que esta é a solução dos problemas? Vejo que o problema está em desigualdades sociais e não raciais, a luta é, rico x pobre. Enquanto muitos lutam para que sejam sancionadas leis para garantir direitos, deveríamos ter um único direito que resolveria todos os problemas, "reconhecer que todos somos seres humanos, criados pelas mãos de Deus". Será que isso por si só não bastaria? Aí voltamos para o assunto que a Profª Dalva nos fez refletir, o uso da empatia.
Marcia Errera

m-errera

Número de Mensagens : 3
Membro : Márcia da Silva Errera
Data de inscrição : 03/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum